A marca diz que é um 2 em 1. Eu digo que é ainda melhor do que isso. É um computador flexível o suficiente para fazermos o que quisermos dele. E um bloco de notas – ou de desenho – tão inteligente que tem vida própria. Senhoras e senhores, aqui está o Yoga Book, da Lenovo.

Ao percorrer os diversos pavilhões da IFA, em Berlim, este produto inovador foi um dos que atraiu verdadeiramente a minha atenção. E havia muita coisa interessante por lá. Mas a sua simplicidade conquistou-me. E eu não estava só. Nesta edição da IFA, o Yoga Book amealhou sozinho 27 prémios!

À primeira vista, este é um finíssimo e ultraportátil laptop. O que o faz diferente é uma dobradiça resistente que permite rodar 360 graus e transformá-lo numa espécie de tablet. Mas também, e ainda mais interessante, é o seu teclado ‘Halo’, algures entre o teclado e uma superfície de desenho. E permite isso mesmo: escrever com teclas, escrever à mão ou desenhar. E o que se escreve pode ser convertido em texto editável.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O dispositivo vem com a caneta dual, que pode escrever e desenhar tanto no ecrã como em papel, digitalizando automaticamente as notas e desenhos. Disponível com sistema Android ou Windows 10 Pro, está entre os mais finos e leves do mercado e conta com uma autonomia de 15 horas.

Na semana passada, quando a Lenovo apresentou as suas mais recentes novidades em Lisboa, consegui estar frente-a-frente com o produto sem ter de distribuir cotoveladas para todos os lados como aconteceu na IFA. E o Yoga Book não me defraudou.

 

As outras novidades

Na apresentação da Lenovo, houve destaque também para outros dois produtos: o Miix 510 e o Yoga 910.

O MiiX 510 é um 2 em 1 convencional. Possui 12 polegadas, um teclado com teclas confortáveis e bem distanciadas, que pode ser separado do ecrã, e conta com processadores Intel Core i7 de 6ª Geração. Pode ser facilmente utilizado para realizar apresentações, ler e-books, ou como um laptop de trabalho. É um equipamento muito versátil e com uma autonomia de bateria que atinge as 7,5 horas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Yoga 910, por sua vez, é também um convertível ultrafino com capacidade de rotação do ecrã de 360 graus. Vem dotado com os mais recentes processadores Core i7 de 7ª Geração. Conta com sistema Dolby Audio Premium e pode integrar um ecrã Full HD ou 4K. A sua autonomia é de 15,5 horas de funcionamento.

Este slideshow necessita de JavaScript.