Pequenino, leve, económico e … giro! O Microlino é uma versão para o século XXI do icónico Isetta. E apetece ter um!

O modelo original foi desenhado pelo engenheiro italiano Ermenegildo Preti em 1952 e deu origem ao Iso Isetta, ao Velam Isetta, ao Romi Isetta, e ao Isetta, da BMW, todos ‘carros-bolha’ (bubble car) de design semelhante, com pequenas dimensões, dois lugares e apenas uma porta situada na parte frontal do veículo. O modelo marcou a década de 50 do século passado mas teve vida curta e parou de ser produzido entre 1960 e 1962. Mas o seu design e o seu conceito ainda despertam a atenção.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Agora, surge renovado, em versão elétrica, num projeto conjunto do suíço Wim Ouboter, da Universidade de Ciências Aplicadas de Zurich e da Micro Mobility Systems. E não há qualquer dúvida de que esta é uma solução perfeita para o uso urbano. Silencioso e sem emissão de CO2, este microcarro tem um tamanho realmente prático. Num espaço de estacionamento para um carro normal cabem 2 ou até 3 Microlinos! Mas apesar de pequeno, no seu interior cabem confortavelmente 2 pessoas sentadas lado a lado. O motor elétrico traz valor acrescentado ao design. E para facilitar, não requer tomadas especiais para ser carregado. Isso pode ser feito através de qualquer tomada.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Microlino está em fase de produção. Estima-se que em 2017 saia uma primeira fornada, para aqueles que conseguiram estar entre os primeiros 500 a reservar um. A chegada ao mercado numa escala maior está prevista para 2018. O Microlino terá um preço algures entre os 8 mil e os 12 mil euros.