A Canon apresentou recentemente os seus novos lançamentos de câmaras e impressoras para este ano. E uma câmara atraiu de tal maneira a minha atenção que não conseguia pensar em mais nada.

Lá estavam elas, todas dispostas numa mesa: um exemplar de cada novo modelo. Este ano a marca reduziu o número de novidades por cada gama para concentrar qualidade em cada um dos novos produtos. Mas antes de os experimentar, Rui Rosado, da Canon, descreveu cada um como só ele sabe fazer: levando a que desejássemos ter cada uma nas nossas mãos para fazer magia (mesmo sem grande talento para isso).

Fotografia: Novidades Canon 2015. XC10

E era difícil não se deixar encantar pelo poder da XC10, nova câmara de vídeo digital e compacta criada para cineastas amadores, capaz de capturar vídeos 4K com taxa de bits elevada e fotografias de 12 MP. Ou pelas novas EOS 5DS e 5DS R, nova geração de DSLRs (digital single-lens reflex, ou seja, uma câmara que usa um espelho e prisma para refletir a imagem que entra pela lente) full frame de ultra alta resolução.

As três novidades Ixus160, 165 e 170 –, fáceis de levar para todo o lado e de usar, com zoom ótico entre 12 e 8x e sensor de 20.0 MP, pareciam boas soluções. Ou mesmo as PowerShots superzoom – SX530 HS, SX710 HS e SX610 HS – com Auto Zoom para ajudar a manter o alvo dentro da moldura, Estabilizador de Imagem Inteligente, Wi-Fi e NFC Dynamic integrado.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mas nenhuma atraiu mais a minha atenção do que a PowerShot N2. Não sei se pelo tamanho, pelo formato quadrado, pelo ar divertido ou pelas potencialidades concentradas numa câmara tão compacta – zoom inovador, anéis de disparo na objetiva, ecrã táctil que gira até 180 graus, filtros criativos, entre outros atributos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Na hora de irmos testá-las a sério, a andar de tuk-tuk por Lisboa, cada jornalista/blogger pegou um modelo. Numa fração de segundo vi a N2 escapar-me das mãos. Nem podia acreditar: não seria desta que a iria experimentar. Calhou-me uma SX610, excelente, por sinal, mas eu já estava apaixonada. Não havia nada a fazer… Ou melhor, havia, claro! Combinar de experimentá-la em outra altura. Só para mim, as horas que quiser, onde escolher. Onde está o meu telemóvel?

Este slideshow necessita de JavaScript.

OBS: Entre as impressoras, o destaque foi para a PIXMA MX495, pensada especialmente para escritórios em casa, com uma ampla variedade de funcionalidades de conetividade, desde Wi-Fi a compatibilidade com o PIXMA Cloud Link, tudo numa multifuncional compacta a jato de tinta.

Fotografia: Novidades Canon 2015

Foto de Ricardo Bernardo, do blog http://ricardobernardo.pt/