Acaba de chegar às lojas. É maior do que um smartphone normal, mas cabe perfeitamente na mão, leve e fácil de manusear. E melhor, é grande o suficiente para utilizarmos funcionalidades que não dão jeito nenhum usar num smartphone, mas cabe na carteira sem causar transtornos. Qualquer phablet encaixar-se-ia perfeitamente nesta descrição. Mas os seus fabricantes preferem passar destas novas categorias. Dizem apenas que é um Note… O novo Galaxy Note 4, da Samsung.

Esta é a quarta versão do Note desde o seu lançamento, em 2011. E se naquela altura havia dúvidas quanto o interesse em relação a estas dimensões entre o smartphone e o table, hoje a marca não tem dúvidas que esta é uma aposta de sucesso, que, para além dos seus utilizadores fieis, desperta o interesse crescente do público.